Inframoura

Inframoura investe no desenvolvimento de solução tecnológica personalizada para a gestão do sistema de distribuição de água

26/01/2024
Inframoura investe no desenvolvimento de solução tecnológica personalizada para a gestão do sistema de distribuição de água
Inframoura investe no desenvolvimento de solução tecnológica personalizada para a gestão do sistema de distribuição de água

Dando continuidade à estratégia implementada, a Inframoura tem vindo a realizar investimentos no sistema de distribuição de água de Vilamoura e Vila Sol, com vista a reduzir o volume de perdas de água, garantindo uma maior eficiência na gestão do recurso água.

A monitorização, controlo e redução de perdas de água exigem uma medição rigorosa de caudais, que tem por base a instalação de medidores de caudal ao longo de todo o sistema de distribuição de água, desde os reservatórios, entradas de zonas monitorizadas e consumos de clientes. Realizada de forma contínua, a medição proporciona informação fiável, assumindo-se como motor para uma tomada de decisão fundamentada, permitindo o estabelecimento de prioridades de intervenção infraestruturais.

Neste sentido, com vista à agregação e à transformação dos dados provenientes da medição em informação relevante para a decisão, a Inframoura iniciou, no ano passado, um novo projeto que consiste no desenvolvimento de uma solução tecnológica personalizada para a gestão do sistema de distribuição de água.

 

 

 Esta solução, que já se encontra em fase de conclusão, integra todos os dados adquiridos, em tempo real, através de equipamentos de sensorização instalados ao longo do sistema de distribuição, bem como informação de todas as suas infraestruturas e componentes. Isto permite que alterações realizadas nos sistemas de informação da Inframoura deem origem a indicadores e alarmes que permitirão a deteção de eventos anómalos e, por conseguinte, uma atuação célere sobre os mesmos.

A visão estratégica da Inframoura tem bem presente que uma atuação preventiva, ao invés da recorrente atuação reativa, e juntamente com uma gestão organizada e estruturada da informação, permitirá caminhar no sentido de uma maior eficiência hídrica.